Precisamos rever nossos hábitos, mas por onde começar?

O termo sustentabilidade pode assustar alguns, ser cansativo para outros, mas a verdade é que nunca o assunto foi tão falado, simultaneamente, em tantos veículos e por tanta gente. Nosso planeta está adoecendo, estamos acabando com toda nossa flora e nossa fauna, os oceanos estão repletos de lixo, o clima está mudando drasticamente e não temos eficiência, tecnologia, nem espaço suficiente para tanto lixo produzido em tão pouco tempo. Tudo isso é bem noticiado, é bem sabido por todos, mas e agora? Como agir? O que nós, reles mortais, podemos fazer?

A princípio parece difícil mudar os hábitos e colocar tudo que ouvimos por aí em prática, mas eu garanto que pode ser muito mais fácil do que se imagina. E, pensando nisso, vamos começar falando dos famosos 5’Rs: as cinco práticas diárias para você começar a fazer sua parte de maneira efetiva, consciente e sem alterar seu orçamento.

A Regra dos 5’R : Repensar, Reduzir, Reaproveitar, Reciclar e Recusar:

1. Repensar: entender o que e de onde vem o que você consome, conhecer a cadeia produtiva do produto que você leva para sua casa, a história da empresa e saber quais preocupações ambientais ou iniciativas sustentáveis estas marcas têm, são alguns dos primeiros questionamentos para para entendermos esta nova forma de pensar e de agir. Sabemos que estamos consumindo demais e entendemos que boa parte disso pode não ter necessidade alguma, por isso o questionamento é essencial antes de efetivamente comprar algo. Pense: você precisa disso? Faz sentido para sua vida ou apenas te supre um querer momentâneo? Qual impacto disso em sua comunidade e no meio ambiente?

2. Reduzir seu lixo: pensando no que vem junto do que você consome, poderá fazer melhores escolhas. Boicotar marcas que não se preocupam com o ambiente e comprar de empresas ou pequenos produtores que têm ações conscientes é um primeiro passo. Consumindo de quem se preocupa com toda cadeira produtiva, você valoriza e incentiva para que elas continuem neste caminho e assim possam inspirar outras marcas também. Fazer seus produtos de limpeza em casa, usar ecobag para carregar suas compras sem embalagens extras e comprar a granel são outras opções simples e fáceis para praticar no dia a dia.

3. Reaproveitar: tudo que puder dar uma nova vida é válido. Seja para uso diário, artesanato ou doação: vidros, madeira, móveis, roupas antigas, roupa de cama. Tudo pode ser matéria prima para criação de um novo objeto ou pode ter um novo uso no seu dia a dia. Os potes de vidros de palmito, geleias, compotas e outros alimentos, podem armazenar e congelar comida ou se tornarem recipientes para compras a granel. Sua camiseta velhinha pode ser recortada e se tornar uma ecobag levinha para a feira da semana. As tampinhas de plástico podem ser doadas para projetos de reciclagem que convertem a arrecadação da coleta em donativos para causas sociais. A lista de ideias é interminável e nós também voltaremos nesse tópico para dar sugestões!

4. Reciclar: esse assunto dá pano para manga! Se o seu lixo não for separado corretamente, minimamente higienizado e coletado por empresas ou cooperativas de reciclagem, todo esforço será em vão. Segundo o Fundo Mundial para a Natureza (WWF), O Brasil é o 4º maior produtor de lixo plástico do mundo e também um dos que menos recicla este tipo de lixo: apenas 1,2% é reciclado, ou seja, 145.043 de 11.355.220 milhões de toneladas. Assustador, não? Por isso não basta consumir de maneira consciente e de acordo com os 5 R’s, precisamos realmente destinar o lixo reciclável de maneira correta. Além de gerar renda a centenas de catadores e famílias que dependem deste trabalho, você pode dar uma nova vida a toneladas de resíduos limpos. Afora os produtos biodegradáveis que podem se decompor em composteiras caseiras! Sim, você pode ter uma na sua casa – sem cheiro, sem bagunça, sem grandes investimentos e sem transtorno nenhum. Vamos dividir esse assunto em tópicos e voltar a falar sobre reciclagem algumas vezes, pois sabemos que ainda existe mais confusão que conhecimento neste quesito.


5. Recusar: por fim, na minha opinião, o mais fácil de todos! Comece recusando tudo que é inútil e descartável. Recusar sacolinhas plásticas (levando sua ecobag sempre com você) e trocar o saco plástico das frutas e legumes pelo saquinho de tecido ou mesmo criar o hábito de levá-los soltos em uma ecobag grande. Recusar copo de plástico, levando o seu copo retrátil ou a sua caneca sempre com você. Recusar canudos descartáveis (mesmo que biodegradável – pois se não for eliminado de maneira correta, não vai se decompor de forma eficiente de fato), usando o seu próprio – seja de bambu ou de aço inox. Não comprar produtos que vêm em embalagens de plástico ou isopor (já entendemos o quão desnecessário ele é em um país onde ainda é raríssima a reciclagem do mesmo). Recusar embalagem de isopor para carregar alimentos, sugerindo uma de papel que o estabelecimento tenha, caso seja necessário mesmo levar o alimento com você ao invés de consumi-lo no local. Olha só, a lista é infinita! Por isso também vamos voltar neste tópico e dar várias dicas simples e bacanas para você recusar descartáveis e ter uma vida mais leve, cheia de propósito.

A mudança começa nos hábitos de compra e nas escolhas pelos produtos que consumimos no dia a dia. (…) O grande impacto rumo à essa cultura e o consumo mais responsável virá através da mudança gradual e contínua que começa por você”. – Triciclos.net

Agora me conta aqui: você pratica o consumo responsável? A consciência ambiental é uma questão pertinente em seu dia a dia? Se não, o que acha de darmos esse ponta pé? Nossa missão aqui é abrirmos o diálogo para trocarmos, aprendermos e conseguirmos, juntos, transformar a realidade com novas atitudes. Vamos nessa?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s